dimanche 17 avril 2011

Da lonjura molhada entre os continentes.

Numa ponta do mar

Deixei um beijo

Pra do lado de lá,

salgado quente,
você pegar.

Podendo mesmo,
dobrava em círculo,
e fazia piscina
essa imensidão
de distância
água
e saudade